Paróquia de Atouguia da Baleia acolhe Laus Perene pela Europa

 

27 de junho de 2012

O Serviço de Animação Espiritual, em conjunto com a Escola de Oração de S. José do Patriarcado de Lisboa, está a dinamizar um ciclo de Laus Perene, adoração continuada ao Santíssimo Sacramento, em diversas paróquias da diocese até ao dia das Ordenações Sacerdotais, com o tema: ‘Rezar pela Europa – uma nova evangelização para o velho continente’.

 

Este Laus Perene, tal como nos anos anteriores, pretende envolver toda a Diocese num grande movimento orante, e quer trazer para a adoração duas dimensões fundamentais da vida e da missão da Igreja de Lisboa: a necessidade de vocações sacerdotais e consagradas, e a Nova Evangelização. “Na adoração própria do amor, nasce aquele espaço interior da escuta e da obediência que permite acolher o chamamento de Deus”, manifestou a organização, garantindo que é no “amor emergente da adoração”, que cresce a necessidade imediata de o comunicar, de “estender a todos os homens a experiência viva e libertadora desse mesmo amor”.

 

A Paróquia de S. Leonardo de Atouguia da Baleia recebeu o Laus Perene no passado dia 20, proporcionando às dezenas de cristãos de várias idades, durante 24h, uma oportunidade de reflexão sobre a missão e responsabilidade cristã, na afirmação e testemunho da fé. A celebração do Laus Perene na paróquia de Atouguia da Baleia terminou no dia seguinte com a respetiva Bênção do Santíssimo Sacramento, seguida de Eucaristia.

 

O afastamento contínuo do cristianismo e a recusa de valores são as principais causas apontadas pelos responsáveis da proposta de oração, que visam alertar a sociedade cristã “em virtude da consciência de uma realidade silenciosa”, em expansão na Europa.

 

Segundo a organização, “a interdição de símbolos religiosos em locais públicos; proibição de manifestações religiosas públicas; legislação contrária aos valores perenes da família; e a marginalização do papel da religião na vida social”, são alguns dos sinais de uma Europa sem Deus.  

 

O JORNAL das CALDAS falou com o padre Gianfranco Bianco, pároco de Atouguia da Baleia, o qual fez um balanço “muito positivo”, ficando surpreendido pela forte participação dos cristãos que “por iniciativa própria inscreveram-se previamente, assegurando em guarda de honra as horas do Laus Perene”. O sacerdote valorizou a presença de mais de 60 cristãos, que hora a hora, durante o dia, circularam pela Igreja. O presbítero salientou ainda a comparência dos diversos movimentos e lugares da comunidade paroquial, com destaque para outros grupos “que não estavam vinculados à paróquia e demonstraram mesmo assim interesse em associarem-se a esta iniciativa”.

 

O vigário adjunto da Vigararia Caldas da Rainha – Peniche considerou que este tempo de oração teve uma importância elevada para a comunidade paroquial de Atouguia da Baleia, “porque se queremos verdadeiramente reevangelizar a Europa, temos de começar a partir de nós próprios, ou seja nesta relação de intimidade e também comunitária com Cristo, a Boa Nova, e que através d’Ele, proporciona-nos a oportunidade de O anunciar entre os homens”



João Polónia/Jornal das Caldas

 

(Jornal das Caldas nº 1052 de 27 de junho de 2012)

 

Free counter and web stats

Comente esta notícia:

Comments: 0