3 de fevereiro de 2016

Tornada celebra Festa de S. Brás com uma comunidade paroquial renovada

“Hoje fizemos um bom trabalho. Graças a Deus muitos colaboraram com sacrifício para que esta festa seja assim, bonita. É muito emocionante caminhar com os santos numa comunidade fortalecida pela fé, vivendo a experiência forte de Deus na nossa vida. Que Deus por intercessão de S. Brás melhore a condição dos doentes e que as nossas famílias possam sempre caminhar na verdade, no amor e na fidelidade”, revelou o padre Samuel Pulickal Joseph, no final da celebração, a 31 de janeiro, que pela primeira vez presidiu em Tornada, agradecendo a todos “do fundo do coração” e a Deus as graças concedidas pela “bela festa”

 

Na homilia, o sacerdote baseado na liturgia dominical, afirmou que Jesus passou por uma “experiência violenta de rejeição”, mas “em silêncio e sem desistir”, diante da multidão seguiu o seu caminho. “Nós na mesma situação, discutíamos, entravamos em polémica; Jesus não é um homem de conflitos, o evangelho não entra em conflito, apenas transmite a sua mensagem pela paz e nunca desiste”, reforçou. Segundo o responsável da paróquia, profeta “não é um animal extinto dos séculos passados, é de hoje”; cada um dos cristãos tem a vocação de ser profeta, porque através do Batismo, “somos eleitos por Deus, somos consagrados e enviados a levar e a viver a Sua mensagem”.

 

“Esta Igreja de Tornada deve mostrar o nosso coração; quando um coração vive o evangelho, estará sempre assim, sempre bonito, e desafia-nos a aceitar o caminho do profeta, sem desistir, mesmo perante as rejeições deste mundo”, manifestou o padre Samuel, intercedendo ao padroeiro,  conhecido popularmente como protetor da garganta, pelos familiares, conterrâneos e doentes da localidade, que não puderam participar na festa secular. “S. Brás deixa-nos um exemplo forte, através do discernimento da profundidade do mistério e vocação confiadas por Deus”, concluiu. 

 

Desafiados pelo jovem pároco a viver interiormente a semana de preparação para a festa do seu padroeiro, em comunidade, com trabalho, esforço e oração, concentrados no essencial do Evangelho em pleno Ano da Misericórdia, os paroquianos responderam alegres e fortalecidos no final do dia solene. Ao JORNAL DAS CALDAS alguns paroquianos qualificaram o seu novo pároco, nos primeiros quatro meses ao serviço da paróquia, como um “jovem humilde, dedicado, próximo das pessoas, interessado pelo património da paróquia, e com um desejo profundo de construir uma comunidade renovada, marcada pela formação do Evangelho”. Durante os preparativos da festa, a população envelhecida, após dezenas de anos, viu a Cruz regressar ao seu local de origem junto do altar mor, diante do sacrário agora mais visível. A formação bíblica realizada durante a semana no Centro Pastoral, conduzida pelo sacerdote missionário do Verbo Divino Joaquim Domingos, participada por cristãos de Tornada, Salir do Porto, Coto e Salir de Matos; e o auxílio permanente do padre Samuel durante os trabalhos, na decoração e ornamentação litúrgica da Igreja Matriz, são os momentos realçados pelos paroquianos, caracterizando como “pequenos gestos mas de grande significado”.

 

Samuel Pulickal Joseph é o primeiro padre indiano formado em Portugal, pelo Seminário dos Olivais, ao serviço do Patriarcado de Lisboa. Depois de estar como coadjutor nas paróquias de Caldas da Rainha e Coto, em apenas um ano, assume a sua primeira experiência pastoral de pároco, desde outubro de 2015, na comunidade interparoquial de Tornada e Salir do Porto, com o auxílio do padre Filipe Sousa. A caminho do segundo ano de ordenação sacerdotal, o jovem sacerdote mostra-se feliz pelo acolhimento dos seus paroquianos, e de continuar a poder ajudá-los a aprofundar a vida comunitária de fé.

 

 

João Polónia/Jornal das Caldas - info@joaopolonia.com

 

(notícia publicada no Jornal das Caldas de 3 de fevereiro de 2016)

 

http://jornaldascaldas.com/Tornada_celebra_Festa_de_S_Bras_com_comunidade_paroquial_renovada

Reportagem fotográfica:

RECORDAR..

Paróquia de Tornada concretiza caminhada orante noturna junto da Imagem de Fátima a 12 de outubro

A noite caiu em Tornada com a chuva e o vento, que se vez sentir durante o dia, a abrandar. O silêncio pairava no centro da localidade iluminada pelas velas, sentindo um aroma de flores, que indicava a passagem da Virgem de Fátima. A população envelhecida engalanava as suas casas e acomodava-se às janelas e varandas, erguendo o terço do rosário e as suas velas em devoção a Maria. No adro da Igreja já se ouviam as vozes entoadas sob cânticos em louvor a Nossa Senhora. Foi com este ambiente sereno de paz e de fé, em perfeita união com os peregrinos no Santuário de Fátima, que a comunidade paroquial se reuniu para concretizar, uma vez mais, a celebração mariana na noite de 12 de outubro.

 

A Eucaristia e Procissão de velas pelas ruas da localidade, transportando a imagem da Virgem de Fátima, foi presidida pela primeira vez, enquanto pároco, pelo padre Samuel Pulickal junto dos fiéis,  numa "caminhada orante bonita com a nossa Mãe, que continua hoje a contemplar o mistério da Salvação"

 

O momento mais emocionado da noite pelos crentes manifestou-se à chegada da Igreja paroquial, junto da Imagem, entoando o cântico do Adeus de Fátima 'Ó Virgem do Rosário', com as suas velas acessas erguidas consagrando a Nossa Senhora as suas vidas e famílias. O anterior pároco, padre Mário Campos esteve presente na celebração comunitária de fé e devoção a Nossa Senhora de Fátima. 

 

 

notícia João Polónia publicada no Jornal das Caldas (info@joaopolonia.com)

 

http://www.joaopolonia.com/noticias/caldasdarainha/paroquia-de-tornada-concretiza-caminhada-orante-noturna-junto-da-imagem-de-fatima-a-12-de-outubro

 

(Clique na imagem para visualização do vídeo)
(Clique na imagem para visualização do vídeo)

IMAGENS DA VISITA DA IMAGEM PEREGRINA DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA ÀS DIOCESES DE SANTARÉM E LISBOA

(passagem pelas localidades: Santarém, Rio Maior, Mosteiro de Alcobaça, Alfeizerão, Tornada, Caldas da Rainha, Gaeiras e Óbidos) 

 

http://www.joaopolonia.com/reportagens/visita-da-imagem-peregrina-de-fatima-as-dioceses-de-santarem-e-lisboa/

Adira aos CATÓLICOS RIBATEJO OESTE, através do seguinte link: