Padre Joaquim Nazaré completa bodas de prata sacerdotais

 

4 de Agosto de 2011

Celebração eucarística na igreja paroquial de Santa Catarina
Celebração eucarística na igreja paroquial de Santa Catarina

“É preciso ser humilde para compreender o Ministério de Deus, para o receber, para o assimilar e para o viver, esta é a dinâmica essencial da espiritualidade. As realidades da fé e espirituais humanas da nossa vida, só são plenamente compreensíveis na espiritualidade divina”. A afirmação é do padre Joaquim Nazaré, na celebração eucarística comemorativa dos seus 25 anos sacerdotais, que presidiu na igreja paroquial de Santa Catarina em Caldas da Rainha, no mês de Julho.

 

Na homilia desta celebração, o padre Joaquim Nazaré sublinhou a importância da dimensão do coração na vertente humana e espiritual, como “um desafio na amizade, no amor fraterno e na oração”. “A expressão do amor tem múltiplas dimensões: na dimensão humana e também na dimensão da fé, ambas, sem o amor de Deus a vida não tem sentido”, acrescentou.

 

O sacerdote Joaquim da Nazaré Domingos, natural da Cumeira de Santa Catarina, concelho de Caldas da Rainha, no ano de 1987 recebeu a nomeação expressa de capelão militar por D. António Ribeiro, Cardeal-Patriarca de então, desempenhando ao mesmo tempo, a função de Assistente Eclesiástico do Núcleo Escutista do Oeste, que compreende os concelhos de Alcobaça, Bombarral, Cadaval, Caldas da Rainha, Lourinhã, Mafra, Nazaré, Óbidos, Peniche e Torres Vedras, com um efectivo de 2.445 escuteiros recenseados. O presbítero não se limitou à área da animação espiritual, tendo-se envolvido em diversos projetos do Escutismo do Oeste, como, por exemplo, no Centro Escutista do Oeste localizado em Salir do Porto.

 

Em 2002, a Conferência Episcopal Portuguesa nomeou-o novo Assistente Nacional do Corpo Nacional de Escutas (CNE), cujas principais competências delegadas, consistiam em representar a Igreja na maior associação de juventude portuguesa e superintender a animação da vivência espiritual das dezenas de milhares de escuteiros católicos em actividade, de norte a sul do país e nas regiões autónomas dos Açores e da Madeira.

 

Após dezoito anos a exercer o seu serviço pastoral na Escola de Sargentos do Exército (ESE) de Caldas da Rainha, segue-se o Colégio Militar e o Instituto de Odivelas, e posteriormente, até ao momento, na Base Naval de Lisboa em Alfeite.

 

O dinamismo, a dedicação, o apoio individualizado, a disponibilidade e o conhecimento psicológico dos jovens, tornaram a ação do padre Joaquim Nazaré, não só reconhecida no Oeste, como também a nível nacional.

 

Na Eucaristia comemorativa das bodas de prata sacerdotais que presidiu em Santa Catarina, o presbítero Joaquim Nazaré recordou as pessoas que já partiram e que fizeram parte, de um modo especial, do seu itinerário humano, de fé e de vida sacerdotal. Concelebraram nesta celebração, o pároco Francisco Cosme, padre Alberto Teixeira Dias e padre Maximino Salvador, que trabalharam e colaboraram na última década com o padre Joaquim Nazaré, entre outros sacerdotes que acompanharam de perto o seu percurso eclesial. O aniversariante agradeceu ainda a presença de conterrâneos, paroquianos, amigos e membros do movimento das Equipas de Casais de Nossa Senhora do Sector de Caldas da Rainha, o qual mantém a direcção espiritual conjugal.

 

O dia festivo terminou com um almoço no Centro Pastoral de Santa Catarina.

 

 

João Polónia/Jornal das Caldas

 

http://www.jornaldascaldas.com/index.php/2011/08/04/padre-joaquim-nazare-completa-bodas-de-prata-sacerdotais/

 

Free counter and web stats

Comente esta notícia:

Comments: 1
  • #1

    Sandra Mendes (Saturday, 06 August 2011 12:56)

    um bem haja para o Padre Joaquim , de sandra Mendes e familia agrupamento 753 de Óbidos.