Marco José satisfeito com época taurina

 5 de setembro de 2012

A época tem deixado satisfeito o cavaleiro caldense
A época tem deixado satisfeito o cavaleiro caldense

O cavaleiro caldense, Marco José regressou à centenária praça de toiros de Caldas da Rainha, somando uma dupla presença com grandes triunfos, após um interregno de cerca de cinco anos.

 

O JORNAL das CALDAS falou com o cavaleiro Marco José e o seu apoderado Pedro Pinto, os quais fizeram um balanço extremamente positivo da temporada, a dois meses de terminar a época taurina.

 

Segundo o cavaleiro, a temporada tem estado a correr “bastante bem”, tem participado em diversas corridas por todo o país e possui “uma quadra com novos cavalos que me satisfaz bastante”.   

 

A presença do cavaleiro Marco José na Corrida da União das Misericórdias nas Caldas deveu-se ao triunfo da corrida transmitida pela RTP na cidade caldense, onde a sua lide deu nas vistas, e com satisfação e emoção voltou a tourear na sua terra natal, momento tão esperado pelo próprio.  

 

“Fico contente de voltar a esta praça castiça, porque para além de me sentir em casa, existem pessoas que me acarinham sempre, onde tenho um enorme gosto de tourear”, revelou Marco José.

 

Para Pedro Pinto, apoderado do cavaleiro caldense, o mais importante a destacar foi o êxito obtido nas Caldas com um toiro custoso. “O Marco deu-lhe a volta e provou que com toiros complicados, que na sua lide, se tratou de um toiro manso, também se pode triunfar nas corridas difíceis”, manifestou Pedro Pinto sobre o estado da temporada do Marco José.

 

“O Marco José está no nível das figuras, mas precisa de oportunidades e que o deixem passar”, afirmou o apoderado transmitindo que o público reconhece “e que isso viu-se na última corrida das Caldas”.

 

Pedro Pinto considera que é importante para as Caldas da Rainha ter um ídolo e julga que o Marco José pode ser o ídolo da cidade. O cavaleiro caldense “esteve quatro ou cinco anos sem vir a esta praça, veio este ano à corrida televisiva, e a empresa Toiros & Cultura achou por bem recompensá-lo com a sua presença na Corrida da União das Misericórdias, onde voltou a triunfar”, salientou o responsável do cavaleiro, certo de que na próxima temporada o Marco José voltará a tourear nas Caldas.

 

“Nós hoje, cada vez mais, temos de dignificar aquilo que é nosso", referiu Pedro Pinto, salientando que o único toureiro caldense “leva o nome das Caldas da Rainha a todo o lado do mundo”. 

 

Segundo o dirigente é necessário realçar o nível que o cavaleiro Marco José tem atualmente, acrescentando a prestação do seu cavalo Girassol, que está a atravessar igualmente um “momento extraordinário”. “Diversos aficionados de vários pontos do país, que têm participado noutras corridas, diante a presença do Marco, reconhecem que é um dos melhores cavalos de toureio da atualidade”, enalteceu o Pedro Pinto reforçando a apresentação de “mais uma série de cavalos novos com qualidade”.  

 

O apoderado faz um balanço enriquecedor, considerando que o Marco José está a fazer uma temporada “francamente boa”, e garante como prioridades, a presença do cavaleiro caldense na Nazaré e no Campo Pequeno. “Marcamos presença na corrida da Póvoa do Varzim, fomos a Coruche onde entramos pela porta das substituições, iniciamos pela porta grande e saímos com triunfo”, afirmou Pedro Pinto salientando ainda as duas corridas triunfantes nas Caldas.

 

“Quer eu, como apoderado, quer o Marco, bandarilheiros e restante equipa, enquanto continuarmos todos a falar a mesma linguagem, e a lutar pelos mesmos objetivos, o Marco José pode continuar a triunfar e as coisas podem correr bem”, concluiu Pedro Pinto.

 

O cavaleiro Marco José irá estar presente na praça de toiros do Sítio da Nazaré, em corrida à portuguesa, no próximo dia 7, inserida nas Festas em honra de Nossa Senhora da Nazaré. A juntar ao cavaleiro caldense, os cavaleiros, Sónia Matias, Filipe Gonçalves, Manuel Ribeiro Telles Bastos, Marco Bastinhas e Ana Rita. As pegas são da responsabilidade dos forcados amadores de Alcochete e das Caldas da Rainha, com toiros da ganadaria de Luís Rocha. A empresa do Campo Pequeno promove ainda no dia seguinte um espetáculo com variedades taurinas, integradas no 1º Ciclo de Novilhadas das Escolas Taurinas.

 

 

João Polónia/Jornal das Caldas

 

(Jornal das Caldas nº 1062 de 5 de setembro de 2012)

 

http://www.jornaldascaldas.com/Marco_Jose_satisfeito_com_epoca_taurina

 

http://www.destakes.com/redir/0d410b0a577a7362a11d631d8282d448

Free counter and web stats

Comente esta notícia:

Comments: 0