MOSTEIRO DE ALCOBAÇA ENCHEU PARA CERIMÓNIA RELIGIOSA MARCANTE

 

Milhares assistem à Missa Nova de Duarte Morgado

19 de julho de 2012

“Celebrar uma Missa Nova é a possibilidade de revermos aquilo em que acreditamos sempre que olhamos para um sacerdote. É óbvio que cada sacerdote tem um rosto, tem uma história e uma terra onde nasce, tem um percurso vocacional, e foi chamado por Deus para uma missão. O desafio é simplesmente complicadamente reconhecer que num homem apesar da sua fragilidade representa Cristo de forma sacramental, isto é, Ele é sinal realmente vivo de que Cristo está presente no meio do seu povo. Estamos aqui hoje reunidos em primeiro lugar, não porque é a minha festa, mas porque é a festa da Igreja, por ver mais um pastor para a Igreja”. As palavras são do padre Duarte Morgado ao iniciar a sua Missa Nova no Mosteiro de Alcobaça, participada e testemunhada por mais de duas mil pessoas, no passado domingo.

 

Depois do tradicional cortejo pelas ruas da cidade, acompanhado pelos Escuteiros e da Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Alcobaça, em guarda de honra, a celebração eucarística contou com a presença de dezenas de sacerdotes e diáconos da Diocese, o Presidente da Câmara de Alcobaça, Paulo Inácio, o historiador Jorge Sampaio e membros da Irmandade de Nossa Senhora da Conceição.

 

O grupo coral, composto por 80 pessoas de diversas paróquias do concelho, entre outros elementos de Lisboa, com diversos instrumentos musicais, deram vida aos cânticos litúrgicos da primeira Eucaristia presidida pelo padre alcobacense Duarte Morgado. 

 

Após a realização da venerável tradição do Beija-mão ao novo sacerdote, as centenas de cristãos dos concelhos do Oeste e da região de Lisboa concentraram-se no Mercoalcobaça para o jantar-convívio, dinamizado pelas comunidades paroquiais, com animação musical dos grupos, Sentinelas da Manhã de Alfeizerão, Rancho Folclórico dos Casais de Santa Teresa de Aljubarrota, Coro São Bernardo de Alcobaça e Grupo de Jovens da paróquia local.

 

O mais jovem presbítero ordenado da Diocese de Lisboa irá futuramente exercer o seu ministério sacerdotal, como coadjutor nas paróquias de Santa Maria de Loures, Nossa Senhora da Purificação de Bucelas, São Saturnino de Fanhões, Santo Antão do Tojal e São Julião do Tojal, do concelho de Loures.

 

 

texto/foto  JOÃO POLÓNIA

 

(Região de Cister nº 987 de 19 de julho de 2012)

 

(Clique na imagem para ampliar primeira página do Região de Cister)
(Clique na imagem para ampliar primeira página do Região de Cister)
(Clique na imagem para ampliar página)
(Clique na imagem para ampliar página)

VÍDEO - Coro da Missa Nova do padre Duarte Morgado

Free counter and web stats

Comente esta notícia:

Comments: 0