Escuteiros de Alfeizerão celebram Promessas de inverno

 

1 de Fevereiro de 2012

 

A renovada igreja paroquial de S. João Batista de Alfeizerão acolheu pela primeira vez o cerimonial das promessas na eucaristia dominical, introduzido no plano de atividades do Agrupamento 909 de Alfeizerão, referente ao Núcleo do Oeste do CNE – Corpo Nacional de Escutas, no passado dia 22.

 

Mais de uma dezena de crianças e jovens, inseridos na primeira e segunda seções, Lobitos e Exploradores, realizaram as suas promessas e investiduras de inverno do Agrupamento de Alfeizerão. Com a aplicação do recente modelo pedagógico do CNE, “existem agora dois momentos possíveis para os candidatos poderem realizar a sua promessa de escuteiro, diminuindo assim o tempo que medeia entre a admissão e a promessa”, de modo a possibilitar “um ritmo mais de acordo com a evolução de cada elemento”, explicou o Chefe de Agrupamento, Marco Faustino.

 

O Assistente de Agrupamento, padre Joaquim Vieira Gonçalves, na sua homilia, salientou a importância do compromisso, “a palavra que nós hoje queremos escutar é a palavra Sim”, construindo “um mundo novo e melhor” à luz do ideal escutista, o Homem Novo. “É sempre bom ter alguém no coração que é capaz de dizer sim, que é capaz de se comprometer, significa por isso que estamos atentos e percebemos aquilo que Jesus nos vai pedindo, tal como os discípulos no Evangelho”, afirmou o sacerdote. Para o responsável da paróquia de Alfeizerão, esta celebração escutista realizada na eucaristia dominical, na nova igreja de Alfeizerão, transmite que “queremos uma comunidade nova, um agrupamento novo, todos queremos portanto ser novos a partir da escuta da Palavra de Deus”.

 

No final da Eucaristia, a direção do Agrupamento de Alfeizerão entregou o Diploma do CAL (Curso de Animador Local) e um Louvor Regional ao dirigente Joaquim José Dantas Vizoso, o qual a Junta Regional de Lisboa decidiu conceder, por ter demonstrado excecionais qualidades de serviço no desempenho das suas funções no acampamento, e por ter tido um contributo muito positivo e valioso no 20º Acampamento Regional de Lisboa que se realizou em Ferreira do Zêzere no ano de 2009.

 

Por proposta do dirigente Nunoel Faustino e aprovado em Conselho de Agrupamento, os responsáveis escutistas de Alfeizerão decidiram validar a moção e propor uma distinção a um Caminheiro do Agrupamento. “Estas distinções são sempre para além do valor que têm para os próprios, também um estímulo e uma demonstração do trabalho que foi desenvolvido na comunidade, no agrupamento, no núcleo e em todo o CNE em geral”, sublinhou Marco Faustino. Neste sentido, o Caminheiro Diogo Amaro recebeu a insígnia do Nó de Mérito diante a comunidade paroquial.

 

Na véspera desta celebração, durante a Vigília de Oração, também a Caminheira Inês Bento recebeu do agrupamento a distinção, Cabeça de Lobo – IV Seção, que por motivos de formação escutista não pôde comparecer no cerimonial das promessas em Alfeizerão.

 

O Chefe de Agrupamento, Marco Faustino agradeceu a presença de todos os que testemunharam o momento do compromisso dos “mais novos irmãos escutas”, e considerou ter sido um dia muito importante para cada um dos que fez a sua promessa, desejando as maiores felicidades à família escutista, para que possa continuar a sua caminhada por muitos anos.

 

 

João Polónia/JORNAL DAS CALDAS

 

http://www.jornaldascaldas.com/index.php/2012/02/01/escuteiros-de-alfeizerao-celebram-promessas-de-inverno/

 

Free counter and web stats

 

Comente esta notícia:

Comments: 0