Centenas testemunham tomada de posse do Padre David Palatino de Óbidos

 

10 de outubro de 2012

padre David Palatino de Óbidos, João Polónia
David Palatino, natural do Bairro Senhora da Luz, bem recebido em Alenquer

O padre David Palatino, natural do Bairro Senhora da Luz, foi empossado pároco das paróquias de Aldeia Galega da Merceana, Aldeia Gavinha e São Miguel de Palhacana, do concelho de Alenquer, pelo Bispo Auxiliar de Lisboa D. Nuno Brás, no passado mês, mobilizando centenas de cristãos dos concelhos de Óbidos, Caldas da Rainha e Bombarral.

 

Na Eucaristia de tomada de posse na Igreja paroquial de Nossa Senhora dos Prazeres de Aldeia Galega da Merceana, foi ainda apresentado como coadjutor o padre João Sobreiro, natural de A-dos-Francos do concelho de Caldas da Rainha, que junta a responsabilidade como prior das paróquias de Olhalvo, Ventosa e Vila Verde dos Francos. O acontecimento religioso teve a participação de centenas de cristãos das freguesias locais, dando as boas-vindas ao novo pároco, e contou com a presença de dezenas de presbíteros, diáconos, seminaristas, familiares e amigos que marcaram a caminhada do jovem David Palatino, ordenado há três meses pelo Cardeal-Patriarca D. José Policarpo.

 

D. Nuno Brás, na sua homilia apelou à união dos cristãos no seio das comunidades, reforçando a principal identidade da Igreja e a sua missão na sociedade civil. “A Igreja não se rege só pelas leis humanas, a Igreja rege-se pela vontade de Deus, e é por isso que Ela é diferente, é por isso que ao longo destes 2000 anos de cristianismo, muitas instituições existiram, passaram, morreram, e a Igreja permanece”, manifestou o Bispo Auxiliar de Lisboa. Segundo o prelado na Igreja surgem sinais, de que “Deus está verdadeiramente presente no meio de nós”: “desde da própria comunidade, desde aquilo que é a presença do Espirito Santo no meio da comunidade, na Palavra de Deus e através dos sacramentos, que são realidades palpáveis e visíveis, onde deus se mostra presente, vivo e atuante”.     

 

O responsável lembrou que o sacerdote é enviado para ser “um homem de Deus”, para construir uma “comunidade que tudo acolhe de Deus”, e através da presença sacramental de Cristo tem a missão de “alimentar, conduzir e falar em nome d’Ele ao seu povo”. Solicitando aos paroquianos o devido acolhimento ao “novo pastor”, D. Nuno Brás apelou à mobilização dos cristãos à luz da Nova Evangelização. “Muitos outros procuram Deus sem o conhecer, muitos outros procuram Deus e têm direito de o conhecer, e nós temos o dever de o dar a conhecer”, concluiu.

 

No final da celebração, os cristãos dos concelhos de Óbidos e Caldas visitaram as Igrejas de Aldeia Gavinha e Merceana, conhecendo o seu historial, e a nova casa sacerdotal do padre David, que já exerce o seu primeiro ministério pastoral. O Centro Pastoral de Merceana acolhe agora para além do padre David Palatino e do padre João Sobreiro, o presbítero Rui Gregório, anterior pároco de Tornada e Serra do Bouro, que assume a responsabilidade das paróquias de Runa e Dois Portos do concelho de Torres Vedras, auxiliado pelo seu coadjutor, Duarte Andrade e Sousa.

 

 

João Polónia/Jornal das Caldas

 

(Jornal das Caldas nº 1067 de 10 de outubro de 2012)

 

MULTIMÉDIA

Vídeo desta reportagem em breve...

 

Free counter and web stats

Comente esta notícia:

Comentários: 0

  • loading